fbpx

Com o objetivo de perder peso, muitas pessoas optam pelo caminho da dieta, e às vezes as mais malucas. Dieta paleolitica, low carb, cetogênica, são muitas as alternativas disponíveis, que por apresentar um resultado de forma mais rápida, são bastante procuradas. Cortando alimentos e comendo muito menos, de fato, o manequim irá diminuir, mas será que é saudável? E quando o tempo da dieta acabar? Os quilos provavelmente retornarão. 

Bem, você deve estar se perguntando: então qual o caminho? É aí que entra a reeducação alimentar! Ela se difere da dieta por dar resultados a longo prazo e te ajudar a criar uma relação saudável e equilibrada com os alimentos.

Mas a diferença entre dieta x  reeducação alimentar não para por aí, temos outras questões que precisam ser abordadas. Continue lendo este artigo e saiba quais são! 

 

Alimentos proibidos x alimentos permitidos 

 

dieta-e-reeducacao-alimentar

 

Na dieta existe um cardápio restritivo, e com a orientação de um profissional a pessoa irá eliminar durante um período um ou mais grupos de alimentos para assim atingir o peso desejado, ganhar massa muscular, diminuir o colesterol, etc. 

Já na reeducação alimentar, é criado um cardápio para que a pessoa possa começar a criar hábitos mais saudáveis em relação aos alimentos. A reeducação pode considerar todos os grupos de alimentos, mas se aprende a montar um prato balanceado, diminuindo a quantidade de alimentos que são perigosos e consumindo aqueles que beneficiam o corpo e tem alto valor nutricional. 

 

Efeito sanfona x manutenção do peso 

 

Como dissemos no início deste artigo, a dieta tem um prazo a ser cumprindo, afinal é muito difícil alguém deixar de comer carboidratos para sempre, por exemplo. Isso acaba causando o “efeito sanfona”, ou seja, engorda e emagrece constantemente. 

 

diferenca-entre-dieta-e-reeducacao-alimentar

 

Com a reeducação alimentar, manter o peso é mais fácil, já que a alimentação é moderada, e o processo de perda de peso ocorre pouco a pouco, sem radicalismos, e o corpo se acostuma mais facilmente com a restrição calórica. E claro, em ambos os casos é preciso praticar exercícios físicos! Não basta deixar os alimentos ruins de lados e continuar sedentário. 

Necessidades diferentes 

 

As dietas são muito úteis quando indicadas para controlar uma determinada doença, como diabetes ou pressão alta, diferenciando-se assim da reeducação alimentar, que é indicada apenas para perda de peso e prevenção de doenças causadas pela má alimentação. 

 

Metabolismo 

 

Muito se fala em metabolismo quando se trata de ganho ou perda de peso. Há aquelas pessoas que têm o metabolismo muito acelerado e outros mais lento. E isso é completamente normal, cada organismo funciona de uma forma.  

A reeducação alimentar possibilita incluir em nossa alimentação diária os alimentos favoráveis para acelerar o nosso metabolismo, favorecendo assim ainda mais a queima de gordura e a perda de peso.

E por fim, lembre-se: Se você pretende perder peso ou mudar seus hábitos alimentares, é importante procurar um profissional da saúde para te auxiliar nesse processo. 

 

Quer saber mais sobre vida saudável? Acompanhe a Boali no Instagram e Facebook.

 

.

 

%d blogueiros gostam disto: