fbpx

O mercado de franquias continua em alta e segue como um segmento indispensável para quem deseja empreender no Brasil. Somente no terceiro trimestre de 2019, o setor cresceu 6,1% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo levantamento da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

O faturamento chegou à marca de 47 bilhões de reais neste ano, demonstrando que o franchising mantém sua evolução mesmo diante de uma inflação baixa e cenário de crise econômica. Especialmente o setor alimentício – um dos destaques do mercado de franquias – representa a maior fatia desse total, chegando a mais de 2 bilhões de reais nos últimos três meses.

Para quem deseja empreender, franquias são ótimas opções, já que existem vários modelos para diversos orçamentos e gostos. Mas é preciso atentar ao passo a passo para montar uma franquia, selecionando a opção certa e investindo de forma segura. Confira abaixo algumas dicas.


 

1 – Trabalhe o autoconhecimento

Antes de mais nada, para montar uma franquia, é necessário trabalhar o autoconhecimento para definir gosto pessoal, valores e propósito. Dessa forma, fica mais fácil identificar empresas e segmentos que mais se adequam ao seu perfil para determinar os cenários possíveis e os caminhos para se evitar. Por exemplo, se você não gosta de culinária oriental, não faz sentido empreender no ramo de comida japonesa. O ideal é unir paixão, missão, trabalho e talento em um único empreendimento.

2 – Estude o mercado

A seguir, é hora de fazer a lição de casa e estudar tudo sobre o mercado de afinidade. Avalie riscos, tendências, novidades e desempenho de franquias semelhantes para saber tudo sobre o ramo e o que seria interessante implantar ou não. Depois desse estudo, busque orientações diretamente com a franqueadora. É o momento certo para tirar todas suas dúvidas, saber qual o suporte que a rede oferece para você montar a sua franquia e o capital que deve ser investido inicialmente, bem como a previsão de retorno.

3 – Identifique o público-alvo

Com todas as informações à disposição, também é necessário mapear o público-alvo e as alternativas de localização para montar a sua franquia. Também é importante conversar com pessoas mais experientes, como líderes da rede e outros franqueados, para receber dicas sobre erros e acertos, rotina, padrões de qualidade, e, desse modo, investir com mais segurança.

4 – Processos contratuais

Por fim, após uma minuciosa análise, é chegada a hora de tomar a decisão para avançar com os processos contratuais para montar a franquia. Para iniciar, é necessário assinar a Circular de Oferta de Franquia (COF), documento para empreendedores interessados em abrir uma franquia. O passo final é conferir o contrato, verificando os aspectos financeiros e jurídicos para dar andamento à abertura da unidade e aos preparativos para a inauguração.

Ficou interessado em abrir seu próprio negócio no ramo de franquia? Consulte a Boali, maior rede de alimentação saudável do País, um dos ramos que mais crescem no mundo. A Boali oferece assessoria completa para o negócio, como pesquisa, desenvolvimento, marketing, tecnologia e muito mais.

error: Conteúdo protegido
%d blogueiros gostam disto: