fbpx

Hoje é comemorado o dia do trigo, um cereal cultivado em todo o mundo e um dos alimentos mais importantes na alimentação humana. Por estes motivos, tem um dia dedicado somente a ele. Mas, apesar de sua importância na alimentação, o trigo tornou-se um vilão nos últimos tempos. Neste artigo, vamos entender o porquê disto e esclarecer alguns mitos e verdades. Continue lendo para conferir!

 

Mudanças no decorrer dos anos 

 

Uma grande verdade é que o trigo sofreu drásticas mudanças nos últimos 50 anos, alterando assim seu código genético e misturando diversos tipos de grãos para aumentar a sua produtividade. Tudo isso ocorreu para que a produção fosse feita em larga escala e desta forma barateada. 

 

Estas mudanças tornaram o trigo maléfico à saúde? 

 

Alguns especialista dizem que esta mudança deixou o cereal com mais carboidrato e menos proteína. Porém, isto não significa que ele seja nocivo a nossa saúde, exceto se a pessoa sofrer de intolerância ao trigo ou consumi-lo em excesso (veja mais detalhes no próximo item). 

 

Consumo moderado 

 

Como todo e qualquer tipo de alimento, o trigo deve ser consumido com moderação. Afinal, nada em excesso faz bem, concorda?

 

Se consumido em excesso, este cereal pode desencadear intolerâncias e alergias. Assim como leite de vaca e o ovo, o trigo tem um considerável valor alergênico. Sendo assim, não é recomendado a exposição excessiva deste alimento a bebês e crianças, pois no trigo existe a presença de glúten que funciona como uma cola responsável pela elasticidade da massa. E esta proteína pode ir causando lesões no intestino no decorrer dos anos.

 

Portanto, cortar o pão  e tudo que contém trigo da alimentação não é necessário! A não ser que você tenha alguma doença causada pelo glútem, ou seja intolerante a este ingrediente, o recomendado sempre é investir em uma alimentação variada, com diferentes tipos de grãos, carboidratos, frutas, legumes e verduras. 

 

Para mais dicas sobre saúde e bem-estar continue navegando em nosso Blog.

%d blogueiros gostam disto: